Carolina Durão

Co Founder | Assistente de Direção

Graduada em Cinema na UFF e Pós Graduada em Gestão Ambiental na Economia da UFRJ. Em 2007 estreou seu primeiro curta-metragem “Sistema Interno”, que recebeu Candango de Menção Honrosa no 40° Festival de Brasília e seguiu por diversos festivais. Em 2010, dirigiu o fragmento “Ficar parado cansa”, que fez parte do longa coletivo “Desassossego, filme das maravilhas” (Festival de Rotterdam 2011), do qual também participaram diretores como Karin Ainouz e Hélvecio Marins Jr. Em 2011, ganhou o edital da RioFilme/SEC-RJ com o projeto de curta-metragem “Apocalipse de Verão”, que estreou em 2013 na 16ª Mostra Tiradentes. Exibido em diversos festivais, como Festival do Rio (Premiére Brasil) e Festival Internacional de Cine de Guadalajara, ganhou prêmios de montagem e fotografia.

Com vasto currículo como 1ª Assistente de Direção em longas, séries e comerciais, Carolina Durão fez: “Um Tio Quase Perfeito” e “Tô Ryca” de Pedro Antonio; “Tatuagem” de Hilton Lacerda; “A Memória que me contam” de Lucia Murat; entre outros. Diretora Assistente nos longas “Altas Expectativas” (Globo Filmes/Vitrine/Telecine) em finalização e “Uma Pitada de Sorte” em filmagem (fevereiro 2017), e na 2ª temporada da série Ferdinando Show (Multishow). Atualmente busca realizar o projeto de seu primeiro longa como diretora, o documentário sobre celulares e lixo eletrônico, “Rastros de um Futuro”.

Share
...

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!